Câmbio 14 Dez 2018
Dólar (USD) R$ 4,07 | Euro (EUR) R$ 4,58
Gorila banner

Turismo Ruanda

Uma viagem de imersão transformadora. As experiências em Ruanda variam entre atrações culturais e uma natureza selvagem única.

Conheça Ruanda

O trekking de gorilas mais fácil e acessível da África é o cartão postal de Ruanda. Localizado à poucas horas de Kigali, o Parque Nacional dos Vulcões é onde as famílias de gorilas recebem pequenos grupos de visitantes privilegiados que podem experimentar um dos encontros de vida selvagem mais memoráveis do planeta.

Ruanda tem superado o marcante genocídio de 1994 a cada dia com uma grande capacidade de recuperação, oferecendo um turismo responsável e sustentável, capaz de mudar a visão de qualquer viajante sobre o país.

Pontos turísticos


Parques Nacionais

  • O Parque Nacional de Gishwati Mukura é o lar de um grupo de chimpanzés e outros animais selvagens, incluindo pássaros. Os passeios pela região incluem a tradicional caminhada para a observação dos chimpanzés e exploração de cachoeiras.
  • Nyungwe é uma das florestas tropicais mais antigas da África. A região montanhosa se une a vida selvagem abrigando 13 espécies de primatas e uma biodiversidade poderosa. O parque oferece seis trilhas para caminhadas, onde os visitantes podem se entregar aos encantos da floresta, contemplando a natureza dos chimpanzés, diversas espécies de plantas, pássaros e outros mamíferos. Até as borboletas dão o ar da graça tornando o lugar mágico e único. O parque ainda oferece a opção de realizar caminhadas com destino às cachoeiras, a ponte suspensa Canopy Walk e as plantações de chá da região.
  • O Parque Nacional dos Vulcões protege as encostas em uma magnífica cadeia montanhosa. Na região é oferecida a experiência com os gorilas, uma visita ao Buhanga Eco-Park, caminhadas, canoagem, mountain bike e experiências de imersão em aldeias locais.
  • Perfeito para realizar safáris, o Parque Nacional Akagera abriga os Big Five em uma proteção constante contra a caça-furtiva.  Aproveite para fazer um passeio de barco no lago, local com grande grupo de hipopótamos, crocodilos do nilo e um abundante número de aves aquáticas.

Kigali

  • A capital Kigali se estende por diversas colinas e vales que favorecem as ligações rodoviárias para o restante do país. Dinâmica e discreta, a cidade oferece uma cena artística efervescente, restaurantes com vista panorâmica e o Kigali Cultural Village: um espaço dedicado à obra de artesãos locais.
  • Um passeio pela trilha ao redor do Lago Nyarutarama é surpreendentemente tranquilo e uma ótima oportunidade para observar os pássaros mais icônicos do país.
  • Entre os passeios culturais, o destaque está no Memorial do Genocídio de Kigali, que, através da educação e construção da paz, homenageia a memória de mais de um milhão de ruandeses mortos em 1994.

Lago Kivu

  • O maior lago de Ruanda tem águas verde-esmeralda e é cercado por belas montanhas. Além da paisagem natural relaxante, a zona ribeirinha de Rubavu é repleta de mansões antigas e bares que oferecem opções de cafés para relaxar ao fim do dia. 
  • Ainda é possível fazer passeios de caiaque, andar de bicicleta ou fazer uma linda caminhada pela espetacular Trilha do Congo-Nilo.


Melhor época para ir à Ruanda

Os melhores períodos para uma viagem à Ruanda variam conforme o tipo de atividade que o viajante busca no país.

Embora a experiência com os gorilas seja considerada uma prática para o ano todo, a melhor época para realização é na estação seca, que acontece em meados de dezembro até o início de fevereiro, favorecendo a caminhada.

As estações mais chuvosas ocorrem nos meses de fevereiro a início de junho, e meados de setembro à dezembro. Nessa época o trekking para avistar chimpanzés é favorecido.