Câmbio 18 Ago 2017
Dólar (USD) R$ 3,35 | Euro (EUR) R$ 3,90
Skyline de Reykjavik, Islândia

Islândia Fly & Drive – Verão

Reykjavik, Vik, Hofn, Eggillstadir, Myvatn, Akureyri

Um roteiro pela Islândia para explorar no seu tempo, conhecendo algumas das atrações mais incríveis deste país que vem atraindo cada vez mais visitantes pela sua natureza, cultura e povo cativantes.

1º DIA: REYKJAVIK
Na chegada à Islândia, meet & greet em português pelo guia local e traslado privativo ao hotel em Reykjavik. Pernoite.


2º DIA: REYKJAVIK - Península de Reykjanes e Lagoa Azul
Depois do café da manhã no hotel, passeio regular com guia em inglês pela Península de Reykjanes, saindo do hotel às 08h30 da manhã e incluindo ingressos para a Lagoa Azul (necessário levar roupa de banho).

Retorno para o hotel e/ou para outro ponto no percurso até o hotel que os passageiros queiram ficar. Pernoite.

- Ingresso de entrada na Lagoa Azul Resort inclui:

  •  Entrada de visitante / entrada à Lagoa Azul / uso de toalha;
  • Primeira bebida de sua escolha; amostra de produtos para a pele;
  • Máscara de algas.



3º DIA: REYKJAVIK - Círculo Dourado + corrida em moto de neve em Langjokull
Depois do café da manhã no hotel, passeio regular com guia em inglês pelo Circulo Dourado e corrida em moto de neve. Saída do hotel às 08h30 usando roupas quentes e botas próprias para hiking (pequena caminhada), gorro e luvas. Neste passeio a primeira parada será no Parque Nacional de Þingvellir, conhecido por sua excepcional beleza e importância histórica, também designado pela UNESCO como Patrimônio Mundial.

A segunda parada é em uma área de energia geotérmica de alta temperatura, os gêiseres, com inúmeras nascentes. A partir daí continuação em direção à geleira de Langjökull onde durante 1 hora é possível experimentar um emocionante passeio de moto de neve sobre o vasto manto branco das montanhas.

No caminho de volta para Reykjavík, uma última parada perto da deslumbrante Cachoeira Gullfoss. Retorno para o hotel e/ou para outro ponto no percurso até o hotel que os passageiros queiram ficar. Pernoite.


4º DIA: REYKJAVIK - VIK
Após o café da manhã no hotel, por volta das 08h30, encontro em português com representante local na recepção do hotel para as formalidades de locação do veículo. Boa oportunidade para esclarecer qualquer dúvida sobre o percurso dos dias seguintes ou qualquer outra questão que tenha surgido até então.

Veículo:
Hyundai ix35 4wd ou similar | automático | 5 portas | KM Livre | GPS | celular
Seguro: cobertura CADW /GP/TP

Itinerário sugerido para este dia:
Desfrutar de todas as maravilhas que a costa sul tem a oferecer. Além da pitoresca aldeia de Vík e de sua praia de areia preta, que é digna de uma caminhada, não deixar de vistar os seguintes pontos que podem estar marcados em seu GPS e no mapa que será fornecido:

  • Cachoeira Seljalandsfoss (célia-landesfósse): a água de Seljalandsfoss provém do glaciar e da famosa geleira/vulcão Eyjafjallajökull (eia-fiatla-iókutle). É uma cachoeira de 60 metros de altura, com uma trilha por trás; quem não tem medo de se molhar um pouco, pode caminhar por trás dela!
  • Reynisdrangar (Reinis-draungar): colunas de basalto trazidas pelo mar do Oceano Atlântico Norte. Diz a lenda que essas colunas se formaram quando dois trolls estavam arrastando um navio de três mastros e quando a luz do dia surgiu os transformaram em agulhas de pedra.
  • Cachoeira de Skogarfoss (Sekó-garfósse): é geralmente nomeada como uma das mais bonitas da Islândia. Ela termina num pequeno desfiladeiro e é muito fácil de caminhar por todo o seu percurso até o topo e apreciar a glória do momento.

Pernoite.


5º DIA: VIK - JOKULL - HOFN
Café da manhã no hotel. Nesse dia, recomendamos que se levantem bem cedo, pois as maravilhas que se podem ver são incontáveis. Por este motivo, aproveite o dia! Além da pitoresca aldeia de Hofn, não perca os seguintes pontos:

  • Skaftafell: a paisagem em torno de Skaftafell é cheia de contrastes. As várias línguas glaciares são ladeadas por montanhas irregulares, que culminam com o pico da geleira, Hvannadalshnjúkur de 2109 metros (6921), tornando-se assim o ponto mais alto da Islândia.
  • Glaciar Svinafellsjokull: vale a pena uma curta caminhada para ver os desenhos que uma língua do glaciar desenha na paisagem do vale principal, o glaciar de Vatnajokull (Vá-tna-iokutle).
  • Lagoa de Jokulsarlon: a lagoa glaciar com icebergs flutuantes é considerada uma das maravilhas naturais da Islândia. Recentemente tornou-se o lago mais profundo na Islândia com mais de 248 metros (814ft) de profundidade. O tamanho do lago aumentou quatro vezes desde a década de 1970.
  • Skeidara river: a maior ponte que existe na Islândia fica sobre o rio Skeidara (sequeidarau). A ponte está muito danificada devido a inundações causadas pelas cheias provocadas pelo derretimento das geleiras.



6º DIA: HOFN - EGGILLSTADIR
Depois do café da manhã no hotel, este é um dia que se recomenda separar para relaxar um pouco e Eggillstadir é o local perfeito. Esta é uma região muito calma, conhecida como a estação de veraneio preferida dos islandeses. As temperaturas aqui são muito superiores ao resto do país e muitos a procuram para umas pequenas férias de verão.

Além da pitoresca vila de Eggilstadir, recomenda-se que se consulte o guia sobre a costa leste para um ou outro ponto de interesse, já que a sugestão é uma pausa na rotina de carro e os dias seguintes serão intensos.


7º DIA: EGGILLSTADIR - MYVATN
Após café da manhã no hotel, de volta à aventura! A região do Mývatn é uma das mais belas do país, mas também bem extensa, por isso é necessária muita atenção durante o percurso. Dirigir direto a Mývatn e, de lá, não deixar de visitar os seguintes pontos:

  • Lago Myvatn: um lago estrófico raso não muito longe do vulcão Krafla que entrou em erupção de 1975-1984 (não constantemente).
  • Dimmuborgir: traduz-se como "Cidades escuras", a área consiste em um tubo de lava que massificou formando um lago de lava. Hoje visita-se as várias grutas vulcânicas e formações rochosas que são bem interessantes e dignas de atenção.
  • Krafla: é uma caldeira de cerca de 10 km de diâmetro que se estende a 818 metros. Em Krafla, há um lago chamado Viti, cuja tradução significa “inferno”.
  • Namaskard: localizada ao sul de Krafla, embora não dentro da caldeira, fica esta montanha chamada Namafjall. Embaixo dela existe uma área geotérmica chamada Namaskard, salpicada de fumarolas de lava vulcânica.

A recomendação é aproveitar o resto do dia/noite para repousar um pouco e apreciar a calma do Lago Mývatn no hotel. O dia seguinte será um pouco longo.


8º DIA: MYVATN - AKUREYRI
Após o café da manhã, começar o dia de atividades bem cedo, passando por diversos pontos de interesse. A sugestão é dirigir até Ásbyrgy (Ausbirgui), sem perder de vista os seguintes pontos de interesse:

  • Ásbyrgi: uma bonita caminhada entre as vegetações/árvores (pouco abundantes na Islândia), que levará até o lago Botnstorn, onde é possível subir em um pequeno monte que oferece uma vista maravilhosa da “floresta” e da muralha de rocha em forma de patas de cavalo.
  • Cachoeira Dettifoss: com 100 metros de largura, uma altura de 45 metros e com um fluxo de água na ordem dos 193m³/s, faz dela a mais poderosa queda d'água da Europa.
  • Jokulsargljufur Canyon: partindo da Dettifoss pode-se caminhar para cima ou para baixo deste desfiladeiro onde é possível encontrar mais duas maravilhosas quedas d'água. Caminhando para o norte encontra-se Selfoss, que desce a montanha e se encontra com a Dettifoss. Caminhando para o sul, encontra-se a queda d'água Hrafalgilsfoss, que é mais uma ramificação de Dettifoss.
  • Húsavík: Húsavík tornou-se um centro de observação de baleias de grande importância na Islândia devido às diferentes espécies que entram com frequência na baía. Pode-se visitar o Museu da baleia de Húsavík que está localizado no centro da cidade. Existe também um museu cívico sobre cultura e biologia e, entre outras coisas, mostra um urso de stuffedpolar (chegado a Grimsey, em 1969) e algumas embarcações antigas. Embora tenha muito mais para se ver, recomenda-se seguir viagem para chegar em Akureyri antes das 20h.

A distância até Akureyri é cerca de 95km, mas a condução é lenta. Além disso, a maioria dos restaurantes fecham às 22h e depois desse horário é difícil conseguir refeições.


9º DIA: AKUREYRI - REYKJAVIK
Após café da manhã, a recomendação é estender a manhã em Akureyri. Entre os pontos de interesses na área estão vários museus, igrejas e jardins botânicos. Museus locais incluem:

  • Minjasafnið Akureyri (Museu de Akureyri)
  • Listasafnið á Akureyri (Museu de arte de Akureyri)
  • Nonnahús (casa Nonni ou Jón Sveinsson Memorial Museum, o escritor)
  • Davíðshús (casa de David ou Davíð Stefánsson Memorial Museum, o poeta)
  • Museu da indústria, Museu da motocicleta, Museu de aviação, etc.

O mais setentrional campo de golfe do mundo, de 18 buracos fica nessa cidade.

  • Os jardins botânicos (Lystigarður Akureyrar) estão localizados em Spítalavegur. O Náttúrufræðistofnun Norðurlands (Museu de natureza) foi inaugurado em 1957 e fica nos terrenos do jardim botânico de Akureyri.
  • Grandes igrejas incluem o Akureyrarkirkja (a Igreja de Akureyri) e Glerárkirkja (a Igreja de Glerá).
  • Sundlaug Akureyrar: é uma piscina em Akureyri que, como em todo o país, são locais altamente recomendados para passeio.

O destino de hoje é Reykjavík. Conduzindo pela costa oeste da ilha, esta é uma longa condução, mas sem pressa pois a noite quase não se faz sentir nessa época do ano e a passagem dessa costa é digna de algumas paradas.

A sugestão é que não se afaste muito da Nacional nr.1, pois os fiordes da costa oeste são bastante demorados, parte das estradas é de cascalho, sem asfalto e muito recortadas (a sensação de tempo é falsa nesse local, normalmente se demora uma hora para fazer 40km). Em compensação, recomenda-se um pequeno desvio já muito perto de Reykjavik, pelo Fiorde das Baleias (Hvalfjordur), onde estão alguns pontos de interesse.

  • Deildartunguhver: a mais poderosa água termal na Europa. No momento ele fornece 190 litros de água quente a 97˚C. No verão, os agricultores locais vendem legumes ao lado da fonte quente.
  • As cachoeiras de Barnafoss e Hraunfossar: Barnafoss (significa Queda das Crianças), em homenagem a duas crianças que caíram da cachoeira há séculos. Em Hraunfossar (significa Cachoeira de Lava), a água corre em campos de lava antigos, cobertos com árvores até o rio. A cor da água dessas duas cachoeiras é impressionante.



10º DIA: REYKJAVIK
Depois do café da manhã, por volta das 9h, encontro com receptivo local na recepção do hotel para acompanhar na devolução do carro. Será possível deixar em algum ponto da cidade caso assim deseje.

Sugestão de pontos de interesse na cidade para visitar:

  • Casa do Parlamento: uma estrutura clássica do século XIX, construída em 1881. Abriga Althingi, o Parlamento islandês.
  • Catedral de Reykjavik: sede do bispado da Islândia.
  • Harpa: salas de concertos e centro de conferências, fica no porto velho de Reykjavik. A estrutura consiste de uma estrutura de aço revestida com painéis de vidro em formas geométricas de cores diferentes.
  • Hallgrimskirkja: de pé, no topo de uma colina, a Igreja Hallgrimskirkja tem uma torre com 75 metros de altura e uma excelente vista panorâmica sobre a cidade de Reykjavik.
  • Museus: Reykjavik tem um número de museus que vale a pena ver, incluindo: Kjarvalsstadir, Museu Nacional da Islândia, Museu da cidade de Reykjavik e Galeria Nacional da Islândia.

Sugestão: um espetáculo na Harpa: “Como se tornar Islandês em 60 minutos” ou “Perolas da canção Islandesa”


11º DIA: REYKJAVIK
Depois do café da manhã, dia livre para que se possa disfrutar da cidade com toda a calma que este destino sugere ou para um passeio de barco ou de helicóptero (ambos opcionais).


12º DIA: REYKJAVIK
Depois do café da manhã, traslado com motorista privativo do hotel para o aeroporto.

NESTE ROTEIRO INCLUI:
- Acomodação por 11 noites com café da manhã, em apartamento standard;
- Traslado privativo em veículo de luxo com motorista de língua inglesa na chegada e saída. Recepção no hotel em português e/ou espanhol;
- Excursão regular em ônibus (máximo de 50 passageiros) com guia em inglês;
- Locação de carro: Hyundai ix35 4wd ou similar, automático | 5 portas | 5 pessoas | KM livre (cobertura SCDW/GP/TP + GPS + celular);
- Ingresso de entrada na Lagoa Azul Resort incluído entrada de visitante e uso de toalha, primeira bebida à escolha, amostra de produtos para a pele, máscara de algas;
- Corrida em moto de neve (60 minutos) em ocupação dupla por moto (equipamento). Inclui: guia/instrutor em inglês, macacão de neve, capacete, máscara balaclava;
- Kit de viagem Diamond;
- Seguro viagem.


Necessário levar:
- Roupas quentes (incluindo gorro, cachecol, luvas e botas de caminhada);
- CNH nacional e internacional.


NESTE ROTEIRO NÃO INCLUI:
- Passagem aérea internacional;
- Taxas de embarque;
- Passeios e excursões sugeridas e/ou opcionais;
- Entradas aos locais de visitação dos passeios e excursões sugeridas e/ou opcionais;
- Documentação de viagem;
- Gastos com emissão de passaportes e vistos;
- Excesso de bagagem;
- Antecipação no horário de chegada (early check in);
- Prorrogação no horário de saída (late check out);
- Refeições não mencionadas como incluídas;
- Bebidas;
- Gorjetas para carregadores de malas/guia/chofer;
- Extras de caráter pessoal como: lavanderia, telefonemas, bebidas alcoólicas, alimentação extra, gorjetas, consumo de minibar e tudo que não estiver mencionado como incluído no roteiro.

Consulte-nos.

- Sinal de 25% no boleto bancário para reserva.
- Saldo (incluindo IRRF e taxas) em 10 vezes sem juros nos cartões Visa, Mastercard e American Express ou em até 6 vezes sem juros no cartão Diners.

RESERVA:
Para tal solicitamos um sinal de 25% do valor do pacote por passageiro sendo este descontado no restante do pagamento. Caso a reserva não se confirme o mesmo será reembolsado. Desistência por parte do passageiro após confirmação das reservas não haverá reembolso do sinal.


ALTERAÇÕES:
Mudanças após confirmação total será cobrada multa de US$ 100,00 + multa de hotéis, empresas aéreas e outras empresas envolvidas quando vigentes.

Caso a passagem já tenha sido emitida, as penalidades e multa das companhias aéreas envolvidas estarão vigentes também.


CONDIÇÕES DE CANCELAMENTO:
- Parte terrestre:
Até 45 dias antes do início da viagem: 10% do valor do pacote por pessoa de taxas administrativas e eventuais multas dos fornecedores envolvidos conf. condições contratuais. Caso a passagem já tenha sido emitida, as penalidades e multa das companhias aéreas envolvidas estarão vigentes também.

De 44 a 31 dias antes da viagem: perda de 30% (trinta por cento) sobre o valor total do pacote.

De 30 a 16 dias antes da viagem: perda de 50% (cinquenta por cento) sobre o valor total do pacote.

Menos de 15 dias antes do inicio da viagem: perda de 100% (cem por cento) do valor total do pacote, independente dos motivos apresentados pelo passageiro.

- Parte aérea:
As tarifas aéreas usadas nos pacotes têm condições restritas e muitas vezes não reembolsáveis. Em caso de cancelamento a multa varia de 25% a 100% do valor pago dependendo da companhia aérea e das condições da tarifa aplicada.