Câmbio 20 Out 2017
Dólar (USD) R$ 3,36 | Euro (EUR) R$ 3,95
Myanmar

Destino Myanmar

A beleza do país soma o encantamento das estupas brilhantes, os campos de arroz, os enigmáticos templos em ruínas e os pitorescos caminhos nas montanhas.

Conheça Myanmar

Um país bonito e culturalmente rico, amaldiçoado por décadas com um regime brutalmente opressivo, Myanmar (Burma) tem sido destaque em jornais nos últimos anos devido à seus passos em direção à democracia. Após o relaxamento e remoção de um boicote turístico de quinze anos liderado pela Liga Nacional pela Democracia - principal partido de oposição política de Myanmar - o número de turistas aumentou, porém a infraestrutura não seguiu tal crescimento para acomodar a demanda. Ainda assim, o fascinante momento atual soma encantamento às estupas brilhantes de Myanmar, aos abundantes campos de arroz, aos enigmáticos templos em ruínas e aos pitorescos caminhos nas montanhas.  

Mais memorável, porém, são os encontros com as pessoas, ansiosas por apresentar seu país e sua cultura aos estrangeiros. Seja uma troca de sorrisos com um estranho, um rápido bate-papo com um motorista de tuk-tuk ou uma conversa animada com um grupo de novo amigos, as interações com a população local têm moldado a visão de muitos estrangeiros que já consideram Myanmar o país mais amigável do mundo.

Qual a melhor época para visitar Myanmar?

A partir de outubro as chuvas diminuem; a melhor época para visitar a maior parte do país é de novembro a fevereiro, quando as temperaturas são relativamente administráveis.  

Clima em Myanmar

Myanmar tem um clima tropical, com a monção sudoeste trazendo chuvas de maio a outubro. As estradas podem se tornar intransitáveis, principalmente no período de julho a setembro. As planícies centrais, no entanto, recebem apenas uma fração da chuva que cai no litoral e no delta do Ayeyarwady. De março a maio, o país torna-se muito quente, principalmente na zona seca das planícies centrais, com temperaturas atingindo marcas acima de 40 ºC em Bagan e Mandalay.

O que fazer em Myanmar?

A maioria dos visitantes começa sua exploração de Myanmar em Yangon (Rangoon), a antiga capital que faz uma ótima introdução ao país, com prédios da era colonial, alguns dos melhores restaurantes do país e o imperdível Shwedagon Paya - o local budista mais sagrado do país. Relativamente poucos turistas vão ao sudeste de Yangon, a não ser para ver o precariamente equilibrado Golden Rock em Kyaiktiyo, mas Mawlamyine e Hpa-an são ótimos lugares para quem está buscando explorar cavernas cheias de arte budista, dormir em um monastério no topo da montanha ou visitar oficinas caseiras. 

A oeste de Yangon está um punhado de praias, sendo Ngapali a mais conceituada, mas Chaung Tha e Ngwe Saung muito mais acessíveis. A maioria dos viajantes se dirige para o norte, para Mandalay, o centro de "Alta Birmânia" e a base para visitar as ruínas de vários antigas capitais; ou para Bagan, mais a oeste, com suas deslumbrantes planícies cobertas de templos.  

A leste de Mandalay está Kalaw, o ponto de partida para algumas das mais lindas caminhadas. Uma caminhada de Kalaw é uma maneira de chegar ao magnífico Lago Inle, com as suas aldeias de palafitas e famosos pescadores "perna-de-remo". Uma viagem pelo rio Ayeyarwady (Irrawaddy), ao redor de Katha e Bhamo oferece uma excelente oportunidade para conhecer os locais, assim como as rotas de caminhadas ao redor de Hsipaw, que passam por aldeias de minorias étnicas.