Câmbio 14 Nov 2018
Dólar (USD) R$ 3,95 | Euro (EUR) R$ 4,46
Namíbia

Turismo na Namíbia

O país nunca deixa de encantar com a grandeza e esplendor de seus desertos. Monte sua viagem com especialistas!

Conheça a Namíbia

A Namíbia está localizada no sul do continente africano, fazendo fronteira com países como Angola, Botswana, Zâmbia e África do Sul. Dois desertos fazem parte do território nacional: o deserto de Namíbia e o deserto de Kalahari. 

Colonizado por alemães, o país já foi pertencente à África do Sul é constituído por diversos grupos étnicos como os herrero, himba, damara e outros.

O país nunca deixa de encantar com a grandeza e esplendor de seu deserto. Conhecido por suas paisagens contrastantes, o deserto de Namib é dito ser o mais antigo do mundo, com suas dunas e um sentido de espaço de tirar o fôlego. Pegadas de dinossauro preservadas em arenito e arte rupestre são o testemunho da atemporalidade da Namíbia. Internacionalmente conhecido como o sonho de qualquer fotógrafo, o Sossusvlei, com suas dunas monumentais, foi formado por ventos multidirecionais e é uma atração inspiradora com seu cenário excepcional.

Damaraland é conhecida pela interessante flora e fauna, dominada por montanhas escarpadas e íngremes, habitada quase que exclusivamente pela única tribo seminômade, a Himba. O Parque Nacional Etosha é excelente para avistar animais e inclui várias espécies ameaçadas, como o rinoceronte negro.

Pontos turísicos

Deserto de Namib

  • O longo deserto possui 80 milhões de anos e já foi citado como provavelmente o mais antigo do mundo e é marcado pelas dunas Sossusvlei, considerada as mais altas do mundo; A composição de óxido de ferro dá o tom avermelhado às areias da região, que se funde ao céu azul e as árvores petrificadas, tornando-o um cenário único no planeta;

Deserto de Kalahari 

  • Com chuva apenas em um curto período do ano, o Deserto de Kalahari ganha pequenos rios e extensas vegetações, estas por sua vez logo desaparecem com a seca que volta rapidamente, maltratando os animais atraídos para região, o que dá ao deserto o título de “traiçoeiro”. Diferente da ideia comum dos desertos, o Kalahari é caracterizado pela por areia vermelha e vegetação espessa. Ao norte predomina-se uma vegetação mais densa com a presença de rios como o Okavango, já ao sul a paisagem fica cada vez mais seca e inabitável;

Fish River Canyon

  • Com cerca de 160 km de comprimento e 27 de largura, este é o segundo maior cânion do planeta. A região recebe poucos turistas diariamente e pode ser considerado isolada, o que significa momentos de contemplação dessa obra natural e fotos espetaculares. 

Faixa de Caprivi

  • Um estreito corredor com cerca de 450 km de comprimento e 30 de largura, para atravessar a região é necessário passar por três parques nacionais: Bwabwata National Park, o Mudumu National Park e o Nkasa Rupara National Park, todos abrigo de animais selvagens como elefantes, búfalos e girafas, assim como uma grande variedade de aves;

Outros atrativos naturais

  • O Rio Cunene nasce na Angola e com 1100 km forma uma fronteira natural com a Angola. O rio flui até alcançar o Oceano  Atlântico e a sua composição de deserto, água-doce e mar causam uma paisagem fora de série. O potencial turístico da região têm sido descoberto aos poucos e guarda um grande potencial turístico. Para ver o curso de água em seu auge e maior fluxo de água, a visita deve ser realizada entre março e abril.

Melhor época para ir a Namíbia

O período ideal para uma viagem a Namíbia é entre os meses de maio a outubro, devido a estação fresca e seca. 

O país apresenta um clima semidesértico quente ao longo do dia e frio à noite. Entre os meses de dezembro e março, o país enfrenta um calor extremo.  A área mais seca do país é o deserto de Namib que pode apresentar 40ºC durante o dia e temperaturas abaixo de 0ºC durante à noite.