Câmbio 25 Set 2018
Dólar (USD) R$ 4,30 | Euro (EUR) R$ 5,06
Tailandia

Pacote Tailândia & Myanmar

Bangkok, Chiang Mai, Yangon, Inle, Bagan, Mandalay

Pacote de viagem pela atmosfera alegre e espiritual de Bangkok e Chiang Mai e pelas estupas brilhantes e os templos enigmáticos do Myanmar.

1º dia: Bangkok
Chegada, recepção com guia em espanhol e traslado privativo ao hotel para acomodação por 3 noites com café da manhã.


2º dia: Bangkok
Café da manhã no hotel. Na parte da manhã, passeio privativo com guia em espanhol vistando templos budistas em Bangkok: Wat Trimitr, com seu inestimável Buda de Ouro com 5 ½ toneladas de ouro sólido; Wat Po, o templo mais extenso de Bangkok, com seu colossal Buda Reclinado; e o Grande Palácio de Bangkok, um dos exemplos mais bonitos e antigos que costumava ser a residência dos reis da Tailândia. Será a oportunidade de conhecer os palácios que eram utilizados para diferentes ocasiões, como o Palácio Fúnebre, o Palácio de Recepção, a Sala do Trono, a Sala da Coroação e o impressionante Templo do Buda Esmeralda.

Retorno ao hotel e restante do dia livre.

À noite, jantar típico no restaurante Pinam ou no Silom Village, seguido de danças típicas.


3º dia: Bangkok
Café da manhã no hotel. Pela manhã, passeio privativo com guia em espanhol ao tradicional Mercado Flutuante de Damnoen Saduak, que abre ao amanhecer e fecha ao meio dia. Mulheres tailandesas com chapéus de bambu guiam os pequenos e numerosos barcos, oferecendo frutas e verduras. Como está sempre cheio, a melhor forma de conhecer o mercado é de dentro de um barco que atravessa os pequenos canais, podendo assim comprar os produtos frescos dos comerciantes. Retorno ao hotel.


4º dia: Bangkok / Chiang Mai
Café da manhã no hotel. Traslado privativo ao aeroporto e embarque com destino a Chiang Mai. Chegada, recepção e traslado privativo ao hotel para acomodação por 3 noites, com café da manhã.


5º dia: Chiang Mai
Café da manhã no hotel. Passeio privativo com guia em espanhol para visita ao templo situado em Doi Suthep. Incrustado no alto da montanha (999 metros de altura) em meio a uma floresta, o Wat Phra That Doi Suthep é o templo mais sagrado de Chiang Mai e proporciona uma vista panorâmica da cidade. A riqueza do templo, assim como o ar fresco no alto da montanha, são imperdíveis.

De volta à cidade, visita ao maior mercado, Talat Warorod, antes de conhecer dois importantes templos: o Wat Chedi Luang e o Wat Phra Sing.

Restante do dia livre.


6º dia: Chiang Mai
Café da manhã no hotel. Visita de meio dia a um santuário de elefantes em Chiang Mai, o Elephant Jungle Sanctuary.

  • 07:00: Início da viagem de aproximadamente uma hora e meia através de colinas, florestas e áreas agrícolas.
  • 08:30: Chegada ao santuário de elefantes. Introdução sobre elefantes e troca de roupa pelos tradicionais Karen.
  • 09:00: Interação com os elefantes, incluindo alimentação e brincadeira com os animais, em um ambiente natural enquanto se aprende sobre seu comportamento e história. Tempo para tirar fotos com os elefantes.
  • 09:45: Mud Spa com os elefantes.
  • 10:30: Caminhada com os elefantes até o rio para o banho.
  • 11:30: Refeição tradicional.
  • 12:00: Saída do santuário e início da viagem de volta à Chiang Mai (aproximadamente uma hora e meia).
  • 13:30: Chegada ao hotel.

Restante da tarde livre.


7º dia: Chiang Mai / Yangon
Café da manhã no hotel. Traslado privativo ao aeroporto e embarque com destino a Yangon, no Myanmar. Chegada no aeroporto de Yangon, recepção pelo guia local em espanhol e traslado privativo ao hotel.

Yangon, antigamente conhecida como Rangum, é uma cidade calma e pacífica. A sua herança colonial e espiritual tornou-a uma das cidades mais interessantes do Sudeste Asiático.

À tarde, visita ao Pagode Shwedagon, o templo budista mais visitado do Myanmar. Até hoje existe mistério sobre a construção deste monumento que, segundo a lenda, foi construído há 2.500 anos e restaurado várias vezes ao longo de sua história, até atingir sua forma atual no século XV. A estupa octogonal central tem 99 metros de altura e está totalmente coberta com folhas de ouro. É cercada por 64 pequenas estupas e o guia aponta e explica detalhes interessantes deste incrível templo.


8º dia: Yangon / Heho - lago Inle
Após o café da manhã no hotel, traslado ao aeroporto e embarque no voo para Heho. Na chegada, traslado terrestre de uma hora com passeio panorâmico até Nyaung Shwe, a porta de entrada para o lago Inle.

Almoço no restaurante Green Chili.

Visita à Vinícola Red Mountain. Situada numa falésia com vistas para o vale Inle, a vinícola oferece uma extraordinária vista do lago e das montanhas que circundam Shan. Degustação de vinhos tintos e brancos.

Na chegada ao lago, embarque em um barco motorizado privativo para descobrir as vistas mais espetaculares de Myanmar. Visita a aldeias construídas sobre palafitas acima do lago, habitadas pela etnia local, Intha, descobrindo pescadores remando com os pés e jardins flutuantes construídos com tiras de jacinto de água e lama, ancorados ao fundo com varas de bambu. Visita ao Pagode de Phaung Daw Oo, santuário principal do lago que contém cinco imagens sagradas de Buda cobertas com folhas de ouro.

Parada na aldeia de tecelões de Inpawkhone e visita a uma pequena fábrica de charutos, onde são fabricados à mão os conhecidos cigarros birmaneses, os cheeroots. Acomodação por 2 noites no Lago Inle, com café da manhã.


9º dia: Lago Inle
Depois do café da manhã, visita ao mercado da manhã no lago. É neste colorido mercado itinerante que durante cinco dias os moradores e tribos locais vendem seus produtos. (Nota: o mercado acontece todos os dias, exceto nos dias de lua nova e lua cheia).

Descendendo por um pequeno canal, se chega ao vilarejo de In Dein, habitado pela tribo Pa-oh. A visita continua com uma leve caminhada por entre os vilarejos, passando pela escola local e pela bela área de Alang Sitthou, repleta de antigas e pitorescas estupas e uma magnífica vista do lago.

Almoço em uma floresta de bambu e tarde livre.


10º dia: lago Inle - Heho / Bagan
Café da manhã no hotel. Manhã livre e almoço no hotel. Traslado privativo ao aeroporto e embarque em voo para Bagan.

Dos séculos XI ao XIII, Bagan foi a capital do Myanmar e seus governantes construíram milhares de estupas e templos espalhados pelas suas belas planícies, mantendo-se intactas até os dias de hoje, às margens do rio Irrawaddy. Chegada e encontro com o guia. Tempo para apreciar o pôr-do-sol em um templo com terraço elevado. Traslado ao hotel e acomodação por 2 noites em Bagan, com café da manhã.


11º dia: Bagan
Atividade opcional: passeio em balão de ar quente sobre as planícies cravejadas de templos de Bagan, passando pelo impressionante rio Irrawaddy. Uma experiência verdadeiramente única e inesquecível. (Nota: disponível somente de outubro a março).

Depois do café da manhã, saída para conhecer o colorido mercado matinal de Nyaung U, ponto de encontro dos moradores locais para intercambiar mercadorias. Visita a um templo elevado com uma magnífica vista panorâmica da planície de Bagan. Em seguida, passeio pela estupa dourada de Shwezigon, para uma introdução à rica história de Bagan. Visita à Wetkyi-In Gubyaukgyi, uma caverna-templo com espetaculares murais jakata e ao elegante templo Htilominlo, conhecido por seus baixos-relevos bem conservados e suas decorações de arenito.

Almoço no restaurante La Min Thit.

À tarde, visita a uma oficina de artesanato onde se pode observar a produção de um dos mais belos e famosos artesanatos de Myanmar, feito com a tradicional laca. Continuação até o templo Ananda, uma obra de arte arquitetônica considerada um dos mais belos templos do Myanmar. Abriga duas imagens únicas de Buda, cujas expressões parecem mudar dependendo da distância de onde a estátua é observada. A partir deste ponto, passeio de carruagem puxada a cavalo, passando por Thatbyinnyu, o templo mais alto de Bagan, pelo enorme templo Dhammayangyi, conhecido pelo seu notável trabalho em tijolo, e pelo templo Sulamani.


12º dia: Bagan / Mandalay
Pela manhã, traslado privativo ao aeroporto de Mandalay. O tour começa com uma visita turística de Mandalay passando pelo Pagode de Mahamuni. Este templo abriga uma das imagens de Buda mais veneradas do país que, ao longo dos anos, foi coberto com folhas de ouro, dando-lhe uma textura quase irregular.

Mandalay é bem conhecida por seus artesãos qualificados. Conforme os viajantes visitam as oficinas tradicionais, aprendem mais sobre as indústrias caseiras da cidade. É possível observar a produção de esculturas de madeira, tapeçaria kalanga e folha de ouro, onde as técnicas permaneceram inalteradas há séculos desde a época de fabricação de artesanato para a Corte Real.

Almoço em um restaurante local. À tarde, o passeio por Mandalay continua com a visita ao Pagode de Kuthodaw cujas 729 lajes de pedra de mármore de escrituras budistas fez por merecer o título de “maior livro do mundo”. Caminhada até o Mosteiro de Shwenandaw, o único edifício que resta do Palácio Real do século XIX. O maravilhoso edifício construído em teca é conhecido pela sua talha requintada. Parada no topo da colina de Mandalay para desfrutar de magníficas vistas do pôr-do-sol sobre a cidade e do rio Irrawaddy.

Acomodação em Mandalay por 2 noites, com café da manhã.


13º dia: Mandalay - Amarapura - Ava - sagaing - mandalay
Café da manhã no hotel e início do passeio por Mandalay para conhecer as antigas capitais de Ava, Sagaing e Amarapura. Atravessando a ponte do rio Irrawaddy, se chega a Sagaing. Coberta com 600 pagodes brancos e mosteiros, esta colina é considerada o principal centro religioso de Myanmar, abrigando 3.000 monges e 100 centros de meditação.

Visita aos pagodes de Swan Oo Pon Nya Shin e U Min Thone Sae. Visita ao mercado local de Sagain, típico mercado birmanês muito pouco visitado por turistas e onde se vendem peças artesanais da cultura birmana, como cerâmica, prataria entre muitos outros. Parada numa cidade conhecida por sua tradição ceramista para assistir ao processo de fabricação das conhecidas panelas de barro, muito usadas no Myanmar. Continuação até a cidade de Ava, capital entre os séculos XIV e XVIII, onde, a bordo de um trem, se atravessa o rio para chegar ao lugar onde aguarda uma carruagem puxada a cavalos.

Visita ao antigo Mosteiro Bagaya e aos restos do Palácio Real e do forte. Passeio por algumas pequenas aldeias localizadas nas redondezas das ruínas de Ava para conhecer de perto o estilo de vida local. Almoço no Small River Restaurant. Retorno à cidade e parada em Amarapura, uma antiga capital cujo nome significa “Cidade da Imortalidade”. Visita às oficinas de tecido de seda e outros produtos de artesanato feitos à mão.

Uma atração é cruzar a ponte de U Bein, com 200 anos e totalmente construída em madeira de teca. A ponte foi elaborada com 984 peças de teca que foram, originalmente, do Palácio Inwa. Com seus 1.200 metros de extensão, é a maior ponte de madeira do mundo. Da ponte, a panorâmica do rio e suas margens são fantásticas.


14º dia: Mandalay
Café da manhã no hotel e traslado ao aeroporto de Mandalay.


Obs: período de chuvas na Tailândia: de junho a outubro.

Neste roteiro inclui:
- Acomodação por 3 noites em Bangkok, com café da manhã;
- Acomodação por 3 noites em Chiang Mai, com café da manhã;
- Acomodação por 1 noite em Yangon, com café da manhã;
- Acomodação por 2 noites no Lago Inle, com café da manhã;
- Acomodação por 2 noites em Bagan, com café da manhã;
- Acomodação por 2 noites em Mandalay, com café da manhã;
- Passeio privativo de meio dia em Bangkok, com guia em espanhol;
- Passeio privativo de meio dia para o Mercado Flutuante, com guia em espanhol;
- Passeio privativo com guia em espanhol por Chiang Mai;
- Passeio de meio dia para o Elaphant Jungle Sanctuary, para treinamento de cuidador de elephantes “Mahout”, com almoço;
- Passeio privativo de meio dia por Yangon, com guia em espanhol;
- Traslado com passeio entre Heho e o Lago Inle, incluindo almoço em restaurante local e com degustação na Vinícola Red Mountain, no vale Inle;
- Passeio privativo de meio dia no Lago Inle, com guia em espanhol e almoço;
- Passeio privativo de dia inteiro em Bagan, com guia em espanhol e almoço em restaurante local;
- Passeio privativo de dia inteiro em Mandalay, com guia em espanhol e almoço em restaurante local;
- Passeio privativo para visita à Ava, Sagaing e Amarapura, com guia em espanhol;
- Traslados privativos entre aeroporto / hotel / aeroporto;
- Kit de viagem;
- Seguro viagem.


Neste roteiro não inclui:
- Passagem aérea;
- Taxas de embarque;
- Encargos de transferência bancária referente pagamento ao fornecedor estrangeiro;
- Taxas de turismo;
- Despesas com documentação e taxas de vistos;
- Vistos consulares e passaportes; 
- Excesso de bagagem;
- Antecipação no horário de chegada (early check-in);
- Prorrogação no horário de saída (late check-out);
- Refeições não mencionadas;
- Bebidas;
- Passeios e excursões sugeridas e/ou opcionais;
- Gorjetas para carregadores de malas/guia/chofer;
- Extras de caráter pessoal como: lavanderia, telefonemas, bebidas alcoólicas, alimentação extra, gorjetas, consumo de minibar e tudo que não estiver mencionado como incluído no roteiro.

Consulte-nos.

- Sinal de 25% do valor no boleto bancário para reserva.
- Saldo (incluindo IRRF e taxas) em até 10 vezes sem juros, com cartões de crédito Visa, Mastercard, Diners, Elo e American Express.

RESERVA:
Para tal solicitamos um sinal de 25% do valor do pacote, por passageiro, sendo este descontado do montante final. Caso a reserva não se confirme, o sinal será reembolsado. Em caso de desistência por parte do passageiro após a confirmação das reservas, será feito o cálculo de eventuais multas de hotéis e serviços, usando o valor do sinal para cobertura das mesmas.

Os valores indicados nos pacotes estão em moeda estrangeira devendo ser convertidos para Reais (R$) com base na cotação publicada em nosso site no dia da compra.


Alterações:
Mudanças após confirmação total será cobrada multa de US$ 100,00 + multa de hotéis, empresas aéreas e outras empresas envolvidas quando vigentes.

Caso a passagem já tenha sido emitida, as penalidades e multa das companhias aéreas envolvidas estarão vigentes também.


Condições de cancelamento:
- Parte terrestre:
Até 45 dias antes do início da viagem: 10% do valor do pacote por pessoa de taxas administrativas e eventuais multas dos fornecedores envolvidos conf. condições contratuais. Caso a passagem já tenha sido emitida, as penalidades e multa das companhias aéreas envolvidas estarão vigentes também.

De 44 a 31 dias antes da viagem: perda de 30% (trinta por cento) sobre o valor total do pacote.

De 30 a 16 dias antes da viagem: perda de 50% (cinquenta por cento) sobre o valor total do pacote.

Menos de 15 dias antes do inicio da viagem: perda de 100% (cem por cento) do valor total do pacote, independente dos motivos apresentados pelo passageiro.

- Parte aérea:
As tarifas aéreas usadas nos pacotes têm condições restritas e muitas vezes não reembolsáveis. Em caso de cancelamento a multa varia de 25% a 100% do valor pago dependendo da companhia aérea e das condições da tarifa aplicada.

Depoimento de clientes
Obrigada por organizar nossa lua de mel perfeita!
Larissa e Danillo
Foi para a Tailândia