Câmbio 01 jun 2020
Dólar (USD) R$ 5,54 | Euro (EUR) R$ 6,17
Perito moreno glacier

Turismo Argentina

A proximidade e a diversidade de atividade e cenários faz da Argentina um dos destinos perferidos do viajante brasileiro.

Melhor época para visitar

Uma viagem pela Argentina recompensa os seus visitantes com maravilhas naturais e uma das capitais mais elegantes do mundo, Buenos Aires. Com uma extensão que vai do Trópico de Capricórnio até a ponta da Antártica, a Argentina abrange uma diversidade impressionante de terrenos. Pode-se encontrar de tudo: das exuberantes zonas úmidas até Terra do Fogo, o arquipélago no fim do mundo. Suas paisagens mais emblemáticas são as planícies dos Pampas e a dramática estepe da Patagônia.

A Argentina é o oitavo maior país do mundo em área, com uma população de cerca de 45 milhões de habitantes - um dos países menos densamente povoados do planeta. Cerca de 97% dos argentinos são de origem europeia, principalmente de ascendência espanhola ou italiana. A personalidade amigável, efusiva e divertida de seu povo faz a fama ao redor do mundo.

A paixão pelo futebol e o fanatismo por seus principais clubes e jogadores, sendo o Boca Juniors e o River Plate os mais populares, enchem estádios e provocam demonstrações de amor da população por seus times nas partidas e nas ruas.

Muito conhecida por sua carne bovina, a Argentina também é uma das principais produtoras de vinho, trigo, frutas e legumes. Possui uma indústria cinematográfica vibrante e já recebeu o Oscar duas vezes de melhor filme em língua estrangeira por La historia oficial em 1985 e El secreto de sus ojos em 2010.

Outras peculiaridades da Argentina:

  • A gastronomia típica que vai do assado ao mate, passando por pratos regionais e lanches com doce de leite;
  • Danças tradicionais como o tango, nascido em Buenos Aires no século 19;
  •  O folclore regional, com as diferentes formas danças;
  • Jogos típicos como Truco ou jogos de cavalo nos arredores da cidade que revelam a forte influência da cultura e persistência espanhola das antigas tradições.

 

 

Pontos turísticos

As paisagens na Argentina são tão belas quanto diversas. Das Cataratas do Iguaçu à espetacular geleira Perito Moreno; de observação de baleias na Península Valdés aos belos lagos e montanhas ao redor de Bariloche.

 

Buenos Aires

Cidade de entrada para muitos visitantes, Buenos Aires é uma cidade vibrante e cosmopolita. De todas as capitais da América do Sul, Buenos Aires é a que mais oferece. Influenciada pelas grandes cidades europeias, Buenos Aires tem sua própria personalidade distinta, aprimorada por tradições, incluindo o futebol, o tango e o mate. Os encantos modernos e tradicionais da capital da Argentina são logo identificados pelos visitantes.

O que fazer em Buenos Aires

Embora seja uma cidade grande em extensão, o centro da cidade é compacto e a proximidade entre os principais pontos turísticos significa deslocamentos breves. Nos bairros de San Nicolás e Monserrat estão a Calle Florida, a elegante Avenida de Mayo e a cultura boêmia de cafés da Avenida Corrientes. Além das docas revitalizadas de Puerto Madero, a leste do centro, fica a Reserva Ecológica, um dos pulmões verdes da cidade.

Dentre alguns dos atrativos da cidade estão: a Plaza de Mayo; o Teatro Colón; a avenida 9 de Julio, onde está o Obelisco; o bairro de San Telmo, com seus artistas de ponta, feira de antiguidades e lugares para assistir apresentações de tango; o bairro La Boca intrinsicamente ligado ao seu time de futebol, Boca Juniors; os palácios em estilo francês de Retiro; compras no bairro de Palermo.

 

Ushuaia

Ushuaia é a capital da província de Tierra del Fuego, Antártida e Islas del Atlántico Sur. A Argentina abriga a maior parte das extensões selvagens e pouco povoadas da Patagônia (o restante está no Chile). São terras de estepes áridas, cercadas pela parte sul dos Andes - uma fileira de vulcões majestosos e picos escarpados intercalados por profundos lagos glaciais. No lado atlântico da Patagônia, a Península Valdés é imperdível por sua fauna marinha, incluindo baleias, focas-elefante e orcas.

O verão é também a alta temporada para viagens na Patagônia, embora no inverno tenha movimento de viajantes em busca de atividades como esqui e snowboard. Na primavera e no outono, as cores no Parque Nacional Tierra del Fuego são maravilhosas.

O Farol Les Eclaireurs, no agitado Canal de Beagle, é a imagem do Ushuaia mais reconhecida por visitantes. Dentre outros pontos de interesses estão: o Museu Marítimo e do Presídio, o Parque Nacional, o Paso Garibaldi e a Lagoa Esmeralda.

 

El Calafate

El Calafate é a porta de entrada para quem deseja visitar a Geleira Perito Moreno. A cidade que já foi apenas um povoado remoto da Patagônia, se tornou uma cidade com cerca de 25 mil habitantes, que oferece excelentes hotéis e serviços de todos os tipos. Por toda a cidade, o visitante observa a arquitetura típica da região, com edificações em madeira exposta.

Dentre os atrativos da região estão: navegar pelo Lago Argentino; conhecer as formações glaciais que descem do Campo de Gelo Patagônico (terceiro maior manto de gelo do planeta, depois dos polos); picos, florestas e lagos, com destaque para o Cerro Fitz Roy em El Chaltén e o Cerro Torre.

 

Bariloche

Grande conhecido dos viajantes brasileiros, a beleza imbatível de Bariloche a fez um sinônimo de turismo. A cidade está localizada dentro do Parque Nacional Nahuel Huapi, próximo à cordilheira dos Andes. Em 2012 foi declarada a capital nacional do turismo de aventura e em 2015 a capital nacional do chocolate.

No inverno, viajantes procuram a cidade para atividade como esqui e snowboard. Catedral, a maior estação de esqui do hemisfério sul, é sede permanente de campeonatos de esqui e snowboard. No verão, o turismo de aventura e esportes aquáticos são a grande atração, com lagos que se tornam balneários.

 

Mendoza

Mendoza, localizada na Cordilheira dos Andes, é conhecida como a Capital Internacional do Vinho e não pode ficar de fora para aqueles interessados em explorar este produto tão importante na produção argentina. A província é responsável por 70% da produção de vinho do país.

Embora as vinícolas mais procuradas sejam as mais antigas, algumas das melhores safras atualmente são de produtores com o equipamento mais recente, incluindo tanques de armazenamento revestidos com resina epóxi e controles de temperatura computadorizados. Eles tendem a se concentrar na produção de vinhos varietais, sendo as principais variedades de uvas riesling, chenin blanc e chardonnay, para os brancos, e pinot noir, cabernet sauvignon e malbec, para os tintos. O Malbec é frequentemente considerado como a uva argentina por excelência, oferecendo vinhos frutados ricos, com notas de groselha e ameixa, que harmonizam perfeitamente com as famosas carnes vermelhas argentinas.

 

Melhor época para ir à Argentina

A Argentina pode ser visitada durante todo o ano, porém, devido à sua extensão, ao planejar uma viagem, é importante relevar o clima na região para aproveitar ao máximo de acordo com as atividades ou do itinerário desejado.

A primavera (setembro a novembro) é a melhor época para ir para à Argentina, quando o tempo é muito bom em quase todas as partes. Obviamente estará mais gelado no extremo sul.

O verão (dezembro a fevereiro) é o período em que se pode escalar os picos mais altos dos Andes, como o Aconcágua. É também a época do ano mais confiável para visitar a Terra do Fogo, embora possa nevar a qualquer momento. Entre dezembro e janeiro, Buenos Aires é quente e úmida. Recomenda-se evitar o norte do país, pois as temperaturas podem ser bem altas e as estradas inundadas por fortes tempestades.

O outono (março a maio) é outra ótima época para visitar a Argentina, principalmente se inclui as províncias de Mendoza e San Juan para as colheitas de vinho. A Patagônia e a Terra do Fogo também ficam muito bonitas, com as trocas da cor das folhas das árvores.

O inverno (junho a agosto) é a época para aqueles que buscam se aventurar nas pistas de equi andinas. As nevascas podem isolar cidades da Patagônia no inverno e muitos lugares da região fecham de abril a outubro. Já o norte do país fica bastante agradável.

 

Como ir para a Argentina

1. Se você quer fazer uma viagem incrível pela Argentina sem se preocupar com nada, escolha o pacote de viagem aqui.

2. Se você já sabe todos os destinos que quer conhecer no Chile, crie seu roteiro aqui.

3. Se você já tem tudo planejado e só precisa da passagem para o Chile, converse com um de nossos consultores de aéreo e receba as melhores opções de voo.

 

Como circular pela Argentina

Devido ao seu tamanho, o ideal é realizar as viagens de avião, principalmente quando o itinerário inclui visita à Patagônia. Para quem possui mais tempo para explorar o país, é possível alugar um carro.

 

Sugestão de roteiro na Argentina

A Kangaroo Tours oferece roteiros exclusivos elaborados por consultores especialistas. Quer conhecer lugares maravilhosos, hospedar-se em hotéis incríveis e viver uma experiência única e inesquecível sem se preocupar com nada?



QUERO CONHECER OS MELHORES ROTEIROS PARA A argentina