Câmbio 23 Jun 2017
Dólar (USD) R$ 3,52 | Euro (EUR) R$ 3,95
Mexico

As 6 atividades imperdíveis no México

Embarcar no Tequila Express

Lar da exportação mais popular do México, a cidade de Guadalajara, no estado de Jalisco, fica entre os campos de agave azul, a planta que é a base da tequila. Embarcando no animado trem turístico Tequila Express, você pode provar José Cuervo e o melhor licor das destilarias enquanto percorre os campos de agave e degusta a famosa bebida mexicana.

Conheça a The Ultimate Tequila Tour no Four Seasons Punta Mita.

Subir as pirâmides de Teotihuacán

Situada ao nordeste da Cidade do México, Teotihuacán cresceu para ser a maior das cidades pré-hispânica do México, com grandes pirâmides que superam as dos antigos egípcios. Sua maior construção é a Pirâmide do Sol, com 63 metros de altura. Ela é acompanhado da Pirâmide da Lua, na Avenida dos Mortos.

Encontrar seu próprio paraíso

O México possui praias fantásticas ao longo de ambas as costas. Na Península de Baja California, muitos vão para Los Cabos, San Lucas e San José. No lado caribenho, o ponto principal é a Isla Mujeres, uma ilha ao longo da costa Yucatán cercada por areias de coral. Os surfistas vão se sentir em casa na costa do Pacífico, principalmente ao longo da Costa Azul, bem como em Sayulita e Puerto Escondido.

Visitar Puebla e seus azulejos coloridos

Para um estilo chique-colonial, não procure nada além de Puebla, uma das cidades mais antigas e mais bem preservadas do México, situada no centro de Sierra Madre. Cúpulas de igrejas e paredes de casas estão cobertas de Talavera, azulejos coloridos que ainda são produzidos por artesãos da cidade. Um encanto! Em particular a bela decoração do Patio de los Azulejos.

Escalar os picos de Popocatépetl e Iztaccíhuatl

Os dois vulcões cobertos de neve ao leste da Cidade do México são ótimos locais para se fazer caminhadas e escaladas inesquecíveis. Popo, embora ainda ativo, é cercado por uma série de aldeias indígenas e mosteiros do século XVI, que fazem parte da lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. Para chegar a Popo, é uma caminhada relativamente tranquila, mas Izta só deve ser escalado por profissionais experientes, com equipamento adequado.

Nadar em um antigo cenote

O terreno calcário da península de Yucatán é repleta de poços profundos, formados naturalmente, conhecidos como cenotes, ideais para nadar ou mergulhar. Alguns, como Xlacah perto do sítio arqueológico de Dzibilchaltun, têm um significado ritual para os Maias locais. Outros, como Dos Ojos, perto de Akumal, na Península Yucatán, conectam-se a extensas redes de cavernas subterrâneas.