Câmbio 20 Out 2017
Dólar (USD) R$ 3,36 | Euro (EUR) R$ 3,95
Japao

Destino Japão

O Japão é o lar de uma grande multiplicidade de atrativos culturais junto a uma variedade de encantos naturais e um povo verdadeiramente hospitaleiro.

Conheça o Japão

As maiores atrações do Japão para os visitantes estrangeiros residem na enorme multiplicidade de atrativos culturais, na grande variedade de encantos naturais e no povo verdadeiramente hospitaleiro.   Para que o visitante estrangeiro possa apreciar totalmente os encantos do Japão, o país, nesses anos todos, vem promovendo coletivamente melhorias no âmbito de sua infraestrutura turística. Os esforços centralizam-se na criação de um meio ambiente que permita aos que vêm de fora desfrutar de uma estada despreocupada.
 

Qual a melhor época para visitar o Japão?

Há duas épocas recomendáveis. A primeira é na primavera que, além das temperaturas amenas, é o período em que as cerejeiras florescem e também é quando acontecem festivais como a dança das gueixas em Quioto (Miyako Odori). A segunda época é o outono, também com temperaturas agradáveis e com menor quantidade de chuvas a partir de outubro. As árvores começam a mudar de cor e acontece um dos mais bonitos festivais, o Takayama Matsuri, patrimônio da humanidade.  

Clima no Japão

As quatro estações do ano são bem definidas. As chuvas se concentram nos meses anteriores e posteriores ao verão. Já no inverno, o território japonês sofre a influência da massa de ar da Sibéria que derruba drasticamente as temperaturas. Em função do formato alongado do território japonês, e por ser composto de ilhas, o clima é muito variado sofrendo várias interferências climáticas oceânicas, o que explica o alto índice pluviométrico anual do país.
 

Principais cidades e atrações para visitar no Japão

Tóquio

Tóquio, a capital do Japão, com população de mais de 12 milhões de habitantes, tem se ocidentalizado intensamente, mas ainda conserva muito de seu velho encanto. Nikko é conhecida por suas maravilhas arquitetônicas e sua beleza panorâmica. O Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu tem como centro de atração o famoso Monte Fuji e é um dos pontos turísticos básicos.
 

Quioto

Quioto foi a capital do Japão por mais de mil anos e durante esse período tornou-se a guardiã de muitos dos melhores exemplos da arte, cultura, religião e do pensamento japoneses. Pode-se chegar a Quioto em menos de 3 horas por trem saindo de Tóquio, com o Shinkansen superexpresso, ou em um pouco mais de uma hora do Aeroporto Internacional de Kansai, perto de Osaka. No centro, encontra-se o Palácio Imperial de Quioto, reconhecido como um ponto alto pela simplicidade da arquitetura japonesa. Próximo, está o ricamente ornamentado Castelo Nijo, sede do Xogum Tokugawa em suas raras visitas à cidade.
 

Osaka

Osaka, a 3 horas de trem superexpresso ou a uma hora de avião de Tóquio, é a terceira maior cidade do Japão e o centro comercial e industrial do oeste do Japão. Situada na foz do rio Yodo, Osaka tem uma rede de canais que se cruzam sob suas muitas ruas movimentadas, a qual desempenha um papel importante na prosperidade da cidade. Como uma cidade tradicional, tem muito orgulho em ser o local de origem do teatro de marionetes Bunraku. O destaque absoluto é o Castelo de Osaka, o maior do Japão, construído em 1586 por Toyotomi Hideyoshi. A atual fortaleza de cinco andares, uma cópia do original, contém muitos objetos artísticos históricos e documentos relacionados à família Toyotomi e à antiga Osaka.
 

Hakone e Monte Fuji

Hakone, a uma hora e meia de trem de Tóquio, é uma famosa área de estâncias de águas termais nas belas montanhas que compõem o Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu. A grande atração é o Hakone Open-Air Museum, com centenas de esculturas a céu aberto. Um cruzeiro em torno do Lago Ashi, que oferece maravilhosas vistas do Monte Fuji, é imperdível. O Monte Fuji, a 3.776 metros, não só é a montanha mais alta do Japão, mas também o símbolo mais conhecido. Além de ser um local de fácil escalada durante os meses de julho e agosto, o Monte Fuji é o centro de uma ampla zona natural de lazer que inclui, ao norte, o distrito dos Cinco Lagos de Fuji, que oferece grandes oportunidades para caminhadas, passeios de barco, pesca, camping e piqueniques.
 

Takayama

Takayama, a pouco mais de duas horas de Nagoya em trem expresso, é uma antiga cidade-castelo situada em um vale rodeado pelos Alpes do Japão. Mantém muito da atmosfera do antigo Japão. A cidade toda parece um museu, dotada de inúmeras atrações, incluindo uma variedade de pequenos museus dedicados ao artesanato tradicional, que incorporam a longa tradição da cidade de excelência em artesanato.